CÓDIGO DE ÉTICA



 

O ELI adere à Declaração de Princípios Éticos da NAFSA, com o objetivo de garantir o profissionalismo e a equidade nas práticas da nossa instituição.

O Código de Ética proclama o seguinte:

 

Papel e Propósito da Declaração de Princípios Éticos

Nós, educadores internacionais, declaramos o nosso comprometimento com os princípios éticos aqui proclamados para:

  • Auxiliar educadores internacionais nas negociações a respeito de suas responsabilidades, demandas e interesses, enquanto eles se engajam a tomar decisões éticas em ambientes complexos e multiculturais.
  • Inpirar educadores internacionais a desempenharem o seu trabalho segundo princípios e práticas éticas.
  • Promover avanços no desenvolvimento da educação internacional enquanto profissão e fortalecer as dimensões éticas do seu alcance, pesquisa e formação.
  • Auxiliar os profissionais e suas instituições na tomada de decisões relativas a administração, suporte e prestação de programas e serviços.
  • Enfatizaros deveres éticos que permeiam as relações desenvolvidas no âmbito da educação internacional.
  • Ampliar e aprofundar o diálogo sobre as práticas éticas e profissionais relativas à educação internacional.

 

Declaração de Princípios Éticos da NAFSA

Integridade

Nós manifestaremos o mais elevado nível de integridade no nosso desempenho profissional, lidando com o outro de forma honesta e equânime, observando os nossos compromissos e atuando sempre de forma condizente com a confiança depositada em nós.

Respeito à Lei

Nós seguiremos todas as leis e regulamentos aplicáveis e aconselharemos os estudantes e acadêmicos no que diz respeito a essas normas, com atenção e sensatez. Nós buscaremos dar orientação adequada quando os regulamentos parecerem contraditórios, ambíguos ou confusos, ou quando a situação estiver fora das nossas competências.

Qualidade

Nós perseguiremos constantemente a alta qualidade e o valor educacional dos nossos programas e serviços. Para isso, avaliaremos e revisaremos o nosso trabalho regularmente, sempre buscando adotar práticas exemplares.

Competência

Nós desempenharemos o nosso trabalho com a mais elevada competência e profissionalismo, perseguindo e adquirindo de forma constante o conhecimento necessário para tanto. O nosso compromisso com a competência profissional se exercitará também pela da fiscalização de programas e posicionamentos externos. Através do planejamento cuidadoso e do desenvolvimento e implementação das políticas adequadas, nós faremos o nosso melhor para assegurar a segurança e o sucesso dos alunos, funcionários, docentes e acadêmicos.

Diversidade

Tanto no discurso quanto na ação, nós respeitaremos a dignidade e o valor de cada pessoa e seremos atenciosos e receptivos no que diz respeito às suas crenças e compromissos culturais. Nós respeitaremos a diversidade de pessoas e perspectivas no planejamento, desenvolvimento e implementação de programas e serviços. Nós nos empenharemos para que os nossos programas reflitam a diversidade das nossas instituições e os seus objetivos educacionais.

Transparência

Nós atuaremos com adequada transparência no trato com indivíduos e organizações. Nas colaborações com outras pessoas e instituições, procederemos com base na equidade e na reciprocidade. As transações com fornecedores externos de programas e serviços será conduzida com profissionalismo e de forma a manter o bem-estar dos estudantes como prioridade e a desvelar quaisquer potenciais conflitos de interesses. Nós disponibilizaremos aos docentes, funcionários, estudantes e acadêmicos todas as informações necessárias para a tomarem decisões envolvendo a participação nos programas e para se adaptarem mais facilmente aos locais e culturas nos quais irão estudar ou trabalhar.

Acessibilidade

No planejamento, desenvolvimento e implementação dos nossos programas, nós buscaremos assegurar a acessibilidade por qualquer pessoa qualificada, dando o nosso melhor para garantir que a educação internacional esteja disponível para todos os que quiserem e puderem dela se beneficiar.

Capacidade de Resposta

Nos nossos programas e serviços, nós manteremos canais de comunicação abertos e imediatos com indivíduos e parceiros institucionais. Isso inclui prover aos estudantes o apoio adequado de acordo com a sua idade, experiência, habilidades linguísticas e localização.

Mantendo estes princípios em mente, nós atuaremos para estender e melhorar a educação internacional em todas as suas formas e em todos os níveis, inclusive defendendo programas, políticas, regulamentos e leis que reflitam os valores aqui proclamados. Adicionalmente, nós trabalharemos de forma tenaz para concretização destes princípios na nossa conduta pessoal e profissional, através das nossas instituições e das organizações às quais nos afiliamos.

EM 28 DE MARÇO DE 2009, O CONSELHO DE DIRETORES APROVOU AS RECOMENDAÇÕES DA FORÇA-TAREFA DE DIRETRIZES ÉTICAS PARA ADOTAR A DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS ÉTICOS DA NAFSA, UMA REFERÊNCIA ÉTICA PARA EDUCADORES INTERNACIONAIS.